O presidente Michel Temer terá conversas reservadas com o líder do Governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP), e o líder do Governo no Congresso, André Moura (PSC-SE) para reforçar a meta do Planalto: 75% dos votos de cada partido aliado para aprovação da Reforma da Previdência.

Temer e ministros viram com preocupação o placar apertado da aprovação da Terceirização: 231 votos favoráveis e 188 contrários.

O PTB, por exemplo, deixou a desejar na aprovação da proposta da Terceirização. O mesmo ocorreu com a bancada do Solidariedade. O PTB, que controla o Ministério do Trabalho, corre risco de perder a pasta.

undefined
Valter Campanato/Agência Brasil - 28.3.2017
Temer e ministros viram com preocupação o placar apertado da aprovação da Terceirização


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários