undefined
Lúcio Bernardo Jr/ Câmara dos Deputados
Ronaldo Nogueira pode perder o posto de ministro do Trabalho por conta do partido

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, do PTB, está sob forte risco de perder o próprio emprego.

O Palácio do Planalto considerou insatisfatória a votação da bancada do partido no projeto da aprovação da terceirização da mão de obra semana passada, considerado essencial para o Governo retomar os empregos.

Dos 17 deputados, três não compareceram e quatro votaram contra a proposta – ou seja, quase metade da bancada deixou o Governo na mão.

Não bastasse o saldo negativo, o presidente Michel Temer ficou irritado com Roberto Jefferson, presidente do PTB, que realizou seminário semana passada questionando a reforma da Previdência.

O cenário conflituoso contribui para o projeto de poder do deputado Paulinho da Força (SD-SP), que desde a posse de Temer pressiona para emplacar o ministro do Trabalho ligado ao Solidariedade.

Leia também: CNBB se mostra apreensiva com Reforma da Previdência

Mas o SD, que pleiteia há meses o ministério, também deixou o Governo insatisfeito. Dos 14 deputados, 12 compareceram e destes, cinco votaram contra a Terceirização.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários