O presidente Michel Temer e o ministro da Justiça, Osmar Serraglio – ele próprio flagrado, como deputado, num grampo fiscal de frigorífico – foram avisados de que há mais ‘alvos sensíveis’ na Operação Carne Fraca, cujos áudios não foram revelados, mas estão sendo investigados.

'Alvos sensíveis’ é o termo usado pela Polícia Federal para cravar que políticos com mandatos foram flagrados em suspeita de tráfico de influência.

Há mais congressistas ligados à bancada ruralista que apareceram na investigação. E não são poucos. Neste caso, se considerar que há crime, a PF envia o pedido de investigação para a Procuradoria Geral da República.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários