O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve julgar hoje o processo em que o Ministério Público pede a cassação do governador do Amazonas, José Melo (Pros). A acusação contra Melo é que ele teria desviado dinheiro da Copa do Mundo para sua campanha eleitoral.

Leia também: Serraglio e Daiello vão se reunir para debater orçamento

undefined
Pros
José Melo foi reeleito com 55,54% dos votos na última eleição

A expectativa de quem acompanha o caso é que ocorra uma divisão no plenário do tribubal.

De um lado, os ministros Luís Barroso, Edson Fachin e Herman Benjamin devem adotar um entendimento mais duro. Já os ministros Napoleão Maia, Admar Gonzaga e Luciana Lóssio são vistos como mais flexíveis, com um entendimento mais brando.

Leia também: "Carne Fraca" motiva governistas a retomarem debate sobre abuso

A sessão será presidida pela ministra Rosa Weber. Os ministros Gilmar Mendes e Luiz Fux declararam-se suspeitos para atuar no caso.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários