O novo ministro da Justiça que toma posse hoje, Osmar Serraglio (PMDB-PR), vai ter um trabalho paralelo imediato no campo político. 

Leia também: Bancada cristã se irrita com imagens "pró-aborto" na Câmara

Quer tomar o campo eleitoral do rival Roberto Requião, senador pelo Paraná. Serraglio pretende se lançar ao Senado na eleição do ano que vem, quando abrem-se duas vagas por Estado. 

O ministério será sua vitrine. Por isso investirá forte numa pauta na pasta que marque sua gestão – e os últimos meses do Governo de Michel Temer. 

A outra vaga em disputa é de Gleisi Hoffmann (PT) e terá como possíveis concorrentes o ex-senador Osmar Dias (PDT) e o atual governador Beto Richa (PSDB).

undefined
Wikimedia Commons
erraglio pretende se lançar ao Senado na eleição do ano que vem


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários