Estudos preliminares conduzidos pelo Fórum Nacional contra a Pirataria e a Ilegalidade apontam mais de R$ 120 bilhões de comércio ilegal no Brasil. 

Leia também: OAB vai lançar campanha contra reforma da Previdência

Como o Governo federal demonstra interesse em resolver este problema, mais de 70 entidades empresariais se uniram para um trabalho paralelo, mas avalizado, pela União. 

O grupo se juntou no Movimento em Defesa do Mercado Legal Brasileiro em conjunto com a Frente Parlamentar contra o Contrabando e a Falsificação. 

Leia também: Na Justiça, Serraglio vira potencial candidato ao Senado

Vão se organizar para levar apoio ao Governo e em uma forte coalizão atacar o problema juntos.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários