Ferve a bancada sergipana. O deputado Laércio Oliveira (SD) foi escolhido por 6 dos 11 parlamentares do Estado para coordenador o grupo. Enciumado, o senador Valadares (PSB), que não quer abrir mão, diz que Laércio precisa dos votos de 2 dos 3 senadores. Mas essa regra só vale para decisões de emendas coletivas.

Leia também: Para americanos, Brasil tem classe média “raivosa”

Veja o exemplo de como os senadores são corporativos. Mais de 30 senadores ligaram para Arthur Lira (PP-AL) pedindo para que Laércio não seja considerado coordenador. E o que Lira tem a ver com isso? Ele é o presidente da Comissão de Orçamento, hoje o deputado mais poderoso do Congresso, que acolhe os pedidos da bancada. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários