A privatização da Companhia de Águas e Esgoto (Cedae), no Estado do Rio de Janeiro, é balão de ensaio. Não segue apenas a cartilha do corte de custos. O mercado e investidores estão de olho.

O Planalto quer incentivar os governadores a seguirem o caminho. Quem ganha com isso? As empreiteiras. Em tempos de cerco do Ministério Público Federal e Polícia Federal nas grandes obras, os empreiteiros procuram novos investimentos e PPP – Parceria ‘Política-Privada’.

No plano liberal de concessões e privatizações que enviará aos congressistas, o presidente Temer quer incentivar os Estados a se livrarem dos gastos com saneamento.

O escopo está no documento de um grupo interministerial que trabalha em sigilo para consolidar um plano liberal do Governo de Michel Temer.

O Plano Temer, como já é chamado nos bastidores, prevê uma reforma tributária e 'melhoria no ambiente de negócios'. Outros Governos e Legislaturas já tentaram, sem sucesso, uma reforma fiscal.

O plano presidencial já sai do prelo com cinco pontos: Econômico, Gestão Pública, Infraestrutura, Brasil & Mundo e Social & Cidadania.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários