undefined
Divulgação
A professora Fátima Cruz garante que a cultura do Recôncavo Baiano é berço do Samba de Roda

Samba de Roda, a variante musical mais tradicional do samba fez muita gente sambar durante quatro meses. Mestras e sambadeiras entraram na roda, cheias de gingado e alegria, celebrando o ritmo com muita festa. Guerreiras, poderosas, mostraram o que é que a baiana tem. "Foram quatro meses de muito samba no pé, num desejo sincero de mostrar o quanto é bonito vê-las sambar e que através delas Conceição do Almeida é reconhecida no cenário mundial", orgulha-se a professora Fátima Cruz, cheia de animação.

Leia também: O brilho da estrela: Erika Januza, do Suburbia para O Outro Lado do Paraíso

undefined
Divulgação
Guerreiras, poderosas, mostram o que é que a baiana tem celebrando o Projeto Mulheres do Samba de Roda

O Samba de Roda, a variante musical mais tradicional do samba, é repleta de disposição e de bom-humor. É o momento em que as mulheres revelam sua graça e voluptuosidade. Originário do estado da Bahia, teve início por volta de 1860, como manifestação da cultura dos africanos que vieram para o Brasil. O estilo musical afro-brasileiro é tocado por um conjunto de pandeiro, atabaque, viola, chocalho e acompanhado principalmente por canções e palmas -- a dança só tem início após a declamação, quando uma pessoa por vez samba no meio da roda.

Leia também: Modelo brasileira Laís Ribeiro vai usar o sutiã milionário da Victoria's Secret

undefined
Divulgação
Durante quatro meses, mestras e sambadeiras participaram do Projeto Mulheres do Samba de Roda

Em Conceição do Almeida, o evento teve o apoio da Prefeitura Municipal, das escolas, da imprensa local e da fundadora do Samba do Coreto, professora Benedita Ribeiro (Bené). A população almeidense aplaudiu e sambou! "A cultura do Recôncavo Baiano é berço do Samba de Roda", orgulha-se, mais uma vez, a professora Fátima Cruz, cheia de simpatia e gingado, aplaudida pelo marido, conhecido carinhosamente como "Chegado". A festa termina na cidade de Saubara, celebrando o Mês da Consciência Negra. "Como diz a cantora Anitta: prepara que em Saubara vai ter o show das poderosas", finaliza Fátima Cruz com muito samba no pé e uma gostosa gargalhada, aplaudindo o Projeto Mulheres do Samba de Roda.

undefined
Divulgação
Show das poderosas! A festa termina na cidade de Saubara, celebrando o Mês da Consciência Negra


    Veja Também

      Mostrar mais