Cientistas esperam redução drástica na emissão de carbono durante pandemia de covid-19
Reprodução/Global Carbon Project
Cientistas esperam redução drástica na emissão de carbono durante pandemia de covid-19


As emissões de carbono na Índia estão em queda pela primeira vez em quatro décadas, de acordo com relatório publicado pelo site Carbon Brief, nesta terça-feira (12). O impacto do lockdown adotado em razão da pandemia de covid-19 é apontado como fator crucial para a redução, mas não é o único responsável pelo cenário.

Segundo o estudo, as emissões de CO2 já estavam diminuindo como consequência da desaceleração econômica e do crescimento do uso de energias renováveis no país.  Então, vieram as medidas de contenção do novo coronavírus e ajudaram a consolidar a situação.

Leia também: Itália fará estudo sobre ligação entre poluição e Covid-19

A redução foi de cerca de 15% durante o mês de março, e estima-se que tenha sido de 30% em abril. Uma análise feita pelo Centro de Pesquisa de Energia e Ar Limpo (CRea) indica que a entrega de carvão diminuiu em 2% durante o ano fiscal encerrado em março. Depois disso, houve uma queda de 10% nas vendas e de 27,5% nas importações.

Em lockdown desde 25 de março, a Índia está com diversos setores paralisados, inclusive boa parte do transporte público. Com isso, foram registrados também níveis bastante reduzidos de emissões de de dióxido de nitrogênio e outras substâncias liberadas por veículos e usinas de energia.

    Veja Também

      Mostrar mais