Coalas resgatados dos incêndios que devastaram a Austrália estão voltando à natureza
Reprodução/Koala Hospital Port Macquarie
Coalas resgatados dos incêndios que devastaram a Austrália estão voltando à natureza


Iniciados em junho de 2019, os incêndios florestais que devastaram a Austrália só perderam força no final janeiro de 2020, e as consequências ainda estão sendo analisadas pelos especialistas. Um dos maiores medos está relacionado à perda da vida selvagem, mas a esperança, em alguns casos, como nos dos coalas , está em alta.

Desde março, instituições que trabalharam no resgate de coalas durante os incêndios estão devolvendo espécimes saudáveis à natureza. O Hospital de Coalas de Port Macquarie , do estado de Nova Gales do Sul, por exemplo, já devolveu 26 coalas, inclusive sete filhotes, ao habitat natural, de acordo com relatório divulgado neste mês.


Agora, os especialistas esperam que os animais que estão sendo soltos comecem um processo de restauração da população da espécie, que sofreu perdas imensuráveis durante a temporada de incêndios.

Leia também: Nova infestação de gafanhotos na África será 20 vezes pior que primeira onda

“A equipe do Hospital de Coalas de Port Macquarie está esperançosa de que esses coalas vão criar uma nova população nesta área. Anwen, uma coala de 4 anos, chegou à unidade de cuidado intensivo do hospital com queimaduras graves após os incêndios florestais de janeiro. Após receber muito amor e cuidado, as feridas foram cuidadas e ela se recuperou totalmente”, informou o governo da Austrália em relatório do ministério do Turismo.

“Funcionários e voluntários do Hospital trataram 49 coalas feridos que foram resgatados de áreas queimadas na região de Port Macquarie-Hastings. Os cuidados e a reabilitação da instalação para coalas também se expandiram para Taree, Blue Mountains e Hawkesbury. Os coalas dessas regiões aforam devolvidos aos seus lares de origem”.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários