Loba OR-54 percorreu cerca de 14 mil quilômetros antes de morrer
USFWS
Loba OR-54 percorreu cerca de 14 mil quilômetros antes de morrer


Uma loba-cinzenta viajou cerca de 14 mil quilômetros nos últimos dois anos, em busca de um macho para se reproduzir, mas morreu sem completar a missão. A fêmea, batizada como “OR-54”, era rastreada pelo Serviço de Vida Selvagem da Califórnia, e o colar que indicava sua localização parou de emitir sinais de movimentação perto do dia 5 de fevereiro, quando os biólogos encontraram apenas a carcaça do animal.

OR-57 era um símbolo de esperança para a proliferação da espécie , uma vez que era filha do OR-7, primeiro lobo a entrar na Califórnia em cerca de 100 anos, ao cruzar a fronteira com o Oregon, por onde OR-57 passou durante sua jornada em busca de um companheiro. Ela também percorreu o território de Nevada.

Leia também: Golfinhos são mortos a tiros, e quem entregar o autor receberá 20 mil dólares

“Depois da árdua jornada dos lobos para voltarem a Califórnia, a perda de qualquer um deles é um passo para trás na recuperação da espécie. OR-54 era um símbolo de esperança para a próxima geração de lobos”, afirmou Pamela Flick, representante da organização Defensores da Vida Selvagem.

Bando independente

Lobos são reprodutores prolíficos, programados para criarem seus próprios bandos. Essa era a missão de OR-57, encontrar um macho e iniciar sua família. Geralmente, os animais precisam andar de 80 a 160 quilômetros para achar um companheiro, distância ultrapassada por muito pela loba morta na semana passada.

A proteção aos lobos é bastante controversa na Califórnia, uma vez que proprietários de terra reclamam das mortes causadas por esses predadores em seus gados. Os lobos-cinzentos passou a ser protegido pela lei de espécies ameaçadas de extinção, em 1973. Desde então, depois de um período de redução de população, eles voltaram a se reproduzir.

    Veja Também

      Mostrar mais