Aquecimento da Antártida preocupa cientistas
ESA
Aquecimento da Antártida preocupa cientistas


A última quinta-feira (6) foi o dia mais quente já registrado na história da Antártida . Uma base do Serviço Meteorológico da Argentina (SMN) no continente registrou em de seus termômetros a temperatura de 18.3°C

Desde o início das medições da estação argentina, em 1961, jamais se havia identificado um dia tão quente. Até então, o recorde era de 17,5°C, registrado em março de 2015. A base Marambio está localiza ao norte do continente.

Leia também: Cientistas encontram água morna sob geleira da Antártida

A Antártida é uma das áreas que está esquentando com mais velocidade no mundo, com um aumento de 3°C nos últimos 50 anos, de acordo com a Organização Mundial de Meteorologia.

“A razão pela qual a Antártida está esquentado mais rápido que os outros lugares é lima combinação entre variações naturais e sinais de aquecimento”, explicou o professor Jamer Renwick, cientista da Universidade de Vitória, em entrevista ao The Guardian.

Os resultados de pesquisas sobre o continente são cada vez mais alarmantes. Durante janeiro, cientistas anunciaram que encontraram, pela primeira vez, a presença de água morna em uma geleira da Antártida , descoberta alarmante diante de tantos derretimentos registrados nos últimos anos.

    Veja Também

      Mostrar mais