Ventos fortes agravara focos de incêndios em diversas regiões da Austrália
Reprodução/TheNewYorkTimes
Ventos fortes agravara focos de incêndios em diversas regiões da Austrália


A Austrália declarou nesta sexta-feira estado de emergência em Camberra , capital do país, e em toda a região no entrono.  Um incêndio florestal está se movendo rapidamente pela área, com grande chance de se intensificar a ponto de atingir a cidade. Segundo Andrew Barr , ministro-chefe australiano, as chamas cobrem, no momento, 8% da massa total de terra da região.

“O Território da Capital da Austrália está enfrentando o pior incêndio florestal desde os incêndios devastadores de 2003. A combinação de calor extremo, vento e paisagens secas colocam os subúrbios do sul de Canberra sob risco nos próximos dias”, afirmou Barr.

Leia também: Temperatura mundial pode subir 3 graus se emissões não forem controladas

A decisão foi tomada com base em informações repassadas pelo Serviço de Meteorologia da Austrália. A previsão para o período entre os dias 31 de janeiro e 2 de fevereiro é de que a máxima seja de 41 graus Celsius. Também estão previstas fortes rajadas de vento. A maior preocupação é um foco de incêndio no Vale Orroral, ao sul da capital australiana, que já destruiu 18 mil hectares.

Evacuação

Está é a primeira vez em 17 anos que a capital entra em estado de emergência . “Nas próximas 72 horas, nossa comunidade estará sujeita a possibilidade de interdições de ruas, evacuação e qualquer outra ação necessário para manter nossa população a salvo” disse a comissária Georgeina Whelan, da Agência de Serviços de Emergência, em entrevista à SBS News.

Desde setembro, 33 pessoas morreram vítimas dos incêndio, e 18 mil quilômetros quadrados – área equivalente ao tamanho da Síria – foram destruídos. Mais de 80 incêndios florestais continuam ativos nos estados de Victoria e Nova Gales do Sul.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários