Tamanho do texto

Espuma que apareceu na praia do Sudoeste, na Lagoa do Araruama (Rio de Janeiro), pode ser por conta da salinidade do local ou por causa do esgoto

Hardcore

espuma praia rio de janeiro arrow-options
Hardcore
Região dos lagos no Rio de Janeiro é conhecida por grande concentração de sal nas águas o que justificaria fenômeno da espuma

Um grupo de ciclistas que percorria a região dos lagos no Rio de Janeiro se surpreendeu ao encontrar uma densa espuma branca em trecho extenso na praia do Sudoeste . As hipóteses até agora são de que a espuma seja derivada da alta concentração de sal na água ou de um possível despejo de esgoto .

Leia também: Tartaruga marinha bebê morre após ingerir 104 pedaços de plástico

Para Wellington Alves, ciclista que fez o registro da camada branca na Lagoa do Araruama, acredita que o material não seja um poluente: “Não parece ser poluição. Acredito ser um fenômeno da natureza ”, ressaltou em entrevista.

O biólogo Emerson Pereira , morador de Cabo Frio, diz que o fenômeno geralmente ocorre devido a alta concentração de sal nesta região de represa.

“A espuma é resultado de uma combinação de fatores. Neste caso os ventos fortes em uma região represada e de alta salinidade fazem com que o sal seja transportado, acumule-se nas margens e forme esta paisagem tomada pela cor branca”, explica.

Leia também: Salles diz que óleo no Nordeste vem "muito provavelmente" da Venezuela

O também biólogo Mário Moscatelli , por outro lado, ressalta a importância de verificar a qualidade da água para saber a real causa da formação da espuma: “Geralmente quando isso acontece, por exemplos nas águas da região metropolitana, é o efeito do vento que gera ondas e as ondas por sua vez pelo seu batimento geram a espuma que é basicamente matéria orgânica. A tal matéria orgânica pode ser natural ou associada a despejo de esgoto . Aí é uma questão de analisar a água onde está ocorrendo o fato”.