Tamanho do texto

Especialistas do National Geographic produziram um documentário que filma interior de um tubarão-tigre-da-areia durante período de gestação

Hardcore

Filhote de tubarão arrow-options
Reprodução
Filhote de tubarão devora irmãos dentro do útero da mãe

Diversos estudos já foram feitos para explicar o porque dos tubarões apresentarem comportamento canibal. De acordo com cientistas do National Geographic, a espécie não possui a noção de quem é seu semelhante, atacando e matando sem pudor qualquer ser vivo.

Leia também: Câmeras flagram tubarão sendo engolido vivo por peixe gigante; assista

Em um documentário realizado pela própria National Geographic, foi inserido no útero de um tubarão -tigre-da-areia fêmea uma câmera. O vídeo chocante mostra o momento em que um embrião já mais desenvolvido -com olhos e boca-começa a nadar dentro do próprio corpo da mãe, devorando embriões menores, no caso, seus irmãos.

As fêmeas da espécie tubarão-tigre-da-areia possuem dois úteros e muitas vezes concebem seis ou sete embriões em cada útero de uma vez. No entanto, elas geralmente só dão à luz dois filhotes .

Confira a seguir o vídeo:

Segundo o especialista Yannis Papastamatiou, do Laboratório Predador de Ecologia e Conservação da Universidade Internacional da Flórida, os tubarões “apenas caçam”. Diferente dos mamíferos, que possuem razões muito mais complexas para praticar o canibalismo, é comum que o tubarão enxergue sua presa apenas como “comida”.