Tamanho do texto

Situação impressionante foi avistada por um pai e seu filho, quando os dois pescavam no rio Daly, localizado no norte do país, no início do mês de abril

Crocodilo canibal tinha cerca de cinco metros de comprimento e devorou sua presa inteira (foto meramente ilustrativa)
shutterstock
Crocodilo canibal tinha cerca de cinco metros de comprimento e devorou sua presa inteira (foto meramente ilustrativa)


O australiano Bill Yan, 49 anos, presenciou um caso impressionante de canibalismo na natureza. De acordo com o portal britânico Mirror , ele e seu filho estavam pescando no rio Daly, no norte da Austrália, quando perceberam que um crocodilo-de-água-salgada matou e estava devorando outro da mesma espécie.

Leia também: Vídeo viraliza ao flagrar 'alce voador' pulando sobre carro e evitando acidente

“Estávamos navegando no rio e vimos algo branco flutuando, com vários pássaros ao redor”, Yan explicou. “Nós pensamos que era um peixe, mas quando chegamos mais perto, percebemos que era metade de um crocodilo”. A situação em si já foi considerada impressionante pela família, porém, tudo mudou quando eles perceberam outro animal nas proximidades e sua atitude  canibal .

O animal era outro réptil, aparentemente da mesma espécie, que tinha quase cinco metros de comprimento e estava comendo o animal que acabara de matar. “Ele tinha acabado de matá-lo quando começou a arrancar suas patas e a cauda”, detalhou o australiano.

Os dois permaneceram no local por cerca de dez minutos, e enquanto observavam a caça, relataram que “era possível escutar os ossos [da presa] sendo quebrados”. A família explicou que já tinha escutado falar sobre crocodilos canibais, porém, esta foi a primeira vez que presenciaram a situação.

Outro ataque de crocodilo

Em outro caso envolvendo ataques de crocodilos, um braço e uma perna humanos foram encontrados dentro do estômago de um réptil de seis metros de comprimento, na cidade de Borneo, na Indonésia. Segundo informações da polícia, suspeita-se que os membros pertencessem a um homem desaparecido, cujo corpo desmembrado foi encontrado dois dias depois.

O homem, identificado como Andi Aso Erang, saiu para caçar mexilhões, como contou sua esposa Anisa às autoridades locais. Ele não voltou para casa, o que levantou preocupações na companheira, que decidiu procurar a polícia.

As buscas pelo homem duram dois dias e, como encontraram seu corpo sem um braço e uma perna – membros que mais tarde seriam localizados dentro de um crocodilo – é grande a possibilidade de se tratar mesmo de Erang.

Leia também: Homem morre após ser atacado e pisoteado por elefante em templo no sul da Índia

Diferente do caso do crocodilo canibal , o animal foi avistado nas proximidades do local onde o corpo foi encontrado, e ao ser relacionado com a morte, acabou sendo sacrificado. “Dentro de seu estômago, nós encontramos o braço esquerdo e uma perna que acreditamos pertencer à vítima”, contou o policial Teddy Ristiawan.