Planeta

A galáxia espiral NGC 3717 em foto do Hubble: por esse ângulo, o formato lembra o de um disco voador
ESA/Hubble & Nasa/D. Rosario
A galáxia espiral NGC 3717 em foto do Hubble: por esse ângulo, o formato lembra o de um disco voador

O Telescópio Espacial Hubble, da Nasa e da Agência Espacial Europeia (ESA), vê galáxias de todas as formas, tamanhos, brilho e orientações no universo. Às vezes, o telescópio olha para uma galáxia orientada de lado. É o caso da galáxia espiral mostrada acima: a NGC 3717 , localizada a cerca de 60 milhões de anos-luz de distância, na constelação de Hidra (a serpente do mar).

Leia também: Telescópio Spitzer revela o (lotado) centro da Via Láctea

Ver uma galáxia espiral quase de perfil, como neste caso, pode fornecer uma sensação vívida de sua forma tridimensional. Durante a maior parte de sua extensão, as galáxias espirais têm a forma de uma panqueca fina. Em seus núcleos, porém, elas têm protuberâncias brilhantes, esféricas e cheias de estrelas que se estendem acima e abaixo desse disco. Isso dá a essas galáxias, quando são vistas de frente. um formato parecido com o de um disco voador.

Leia também: Nasa lança satélite 'Icon' para estudar fronteira da Terra com o espaço

    A NGC 3717 não é capturada perfeitamente de frente nesta imagem; a parte mais próxima da galáxia está levemente inclinada para baixo e o lado oposto é inclinado para cima. Esse ângulo oferece uma visão através do disco e da protuberância central (da qual apenas um lado é visível).

      Veja Também

      Mais Recentes

        Comentários