Tamanho do texto

Novo estudo da Universidade de Washington revela que eles provavelmente têm temperatura, teor de sal e acidez semelhantes aos oceanos aqui da Terra

Planeta

Nave NASA passando por Encédalo
Reprodução/Nasa
Dados coletados durante o estudo confirmaram que os oceanos do satélite podem conter vida

Um olhar mais atento aos oceanos subterrâneos da lua Encélado, sexto maior satélite natural de Saturno, revela que eles provavelmente têm temperatura, teor de sal e acidez semelhantes aos oceanos da Terra.

Leia também: Passarinhos sofrem com poluição sonora, diz estudo

Além desses fatores favoráveis para a vida, altas concentrações de gases orgânicos, levam os cientistas a acreditar que os oceanos do satélite de Saturno poderiam abrigar vida microbiana, segundo um novo estudo da Universidade de Washington, divulgado em comunicado de imprensa.

Até agora, os oceanos subterrâneos da Encélado eram considerados inóspitos e totalmente inadequados para a vida devido a análises feitas pela sonda Cassini da Nasa , feitas no ano passado.

Mas o novo estudo , que será apresentado na conferência de astrobiologia AbSciCon na próxima semana, revela uma composição química diferente da averiguada pela sonda, questionando a leitura anterior das condições da lua.

Leia também: Peixe robô que usa fluido de bateria como 'sangue' deve revolucionar robótica

Como a maioria das vidas na Terra funciona melhor dentro da água ou consumindo água com pH quase neutro, condições similares em Encélado poderiam ser encorajadoras para que houvesse vida ali também, embora nenhum sinal tenha sido visto ainda.