Tamanho do texto

Última vez que astronautas comeram pão na Estação Espacial Internacional foi em missão de 1965, pois migalhas podem causar incêndio; entenda

Até agora, as tortillas são opção mais próxima do pão para os astronautas há 50 anos na Estação Espacial Internacional
Divulgação/Nasa
Até agora, as tortillas são opção mais próxima do pão para os astronautas há 50 anos na Estação Espacial Internacional

Astronautas poderão, em breve, conseguir um cheirinho de pão italiano saído do forno em plena Estação Espacial Internacional. Isso graças ao projeto “Bake in Space” (Assar no Espaço, em tradução livre), que colocará um experimento em prática durante a missão “Horizons” da Agência Espacial Europeia (ESA) no próximo ano. Segundo informações do “News Scientist”, o projeto desenhou um forno especialmente para ser usado na Estação Espacial e, assim, a missão de 2018 deverá levar o aparelho para que seja testado.

Leia também: Terra é um imenso zoológico feito para diversão alienígena, defende cientista

Para os astronautas, essa é a grande chance de ter comida fresca no prato ao contrário das refeições prontas oferecidas até agora. Aliás, o pão fresco é banido das missões espaciais há mais de 50 anos, já que poderia ser mortal: caso as migalhas entrem em contato com os painéis elétricos, podem causar um incêndio. Em 1965, durante uma missão da Nasa, houve falha elétrica exatamente por causa disso.

Além disso, as migalhas “flutuantes” podem até mesmo ser aspiradas pelos astronautas. Desse modo, além de um forno especial para que os pães sejam assados em órbita, o “Bake in Space” irá desenvolver um tipo de massa que não crie migalhas, pois, ao flutuarem, elas podem danificar equipamentos.

Leia também: Carne humana pode criar buracos no cérebro: descubra os efeitos do canibalismo

A empresa que lidera o projeto tem sede em Bremen, na Alemanha. Para os idealizadores, os alimentos frescos tornariam a vida no espaço mais agradável não só para os astronautas, mas também para os turistas espaciais. “À medida que o turismo espacial decola, e as pessoas passarem a gastar algum tempo no espaço, precisamos permitir que o pão seja feito do zero”, explica Sebastian Marcu, fundador da “Bake In Space”.

Volker Schmid, responsável do Centro Aeroespacial Alemão pela missão "Horizon", afirmou que, se aprovado, o experimento do "Bake in Space" será interessante para missões de longa duração, como uma viagem a Marte, por exemplo.

Leia também: Lula gigante ou baleia? Corpo de criatura misteriosa é encontrado na Tailândia

Perigo no espaço

Se engana que a ideia de assar comida no espaço seja fácil. Pão é um alimento simples na Terra, mas que pode ser risco de vida em um local sem gravidade. Depois que dois astronautas tentaram compartilhar um pedaço de sanduíche durante a missão da Nasa de 1965 “Gemini 3”, e acabaram espalhando pequenos pedaços de pão por todo lugar, o alimento foi banido até agora. Apenas as tortillas (wraps) são permitidas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.