Tamanho do texto

Dupla pagou "valor significativo" e terá treinamentos ao longo do ano para fazer primeira viagem ao redor da lua em mais de 45 anos, informou SpaceX

Turistas viajarão a bordo de uma cápsula Dragon 2, desenvolvida pela Nasa; cápsula irá decolar em foguete da SpaceX
SpaceX
Turistas viajarão a bordo de uma cápsula Dragon 2, desenvolvida pela Nasa; cápsula irá decolar em foguete da SpaceX

A agência espacial SpaceX, fundada e dirigida pelo famoso empreendedor Elon Musk, anunciou nesta segunda-feira (27) que levará dois turistas para uma viagem ao redor da lua no ano que vem.

LEIA TAMBÉM: Nasa descobre sete novos planetas do tamanho da Terra que podem ter água líquida

De acordo com a SpaceX , os dois passageiros – que não tiveram a identidade ou nacionalidade divulgados – já pagaram um "valor significativo" pelo bate-volta espacial e passarão a realizar testes de saúde e físicos ao longo do ano. Passada essa etapa, os dois precisarão passar por alguns treinamentos.

A missão terá duração estimada de uma semana e não está previsto um pouso na lua, portanto a capsula que levará os dois turistas deve apenas rodear o satélite natural da Terra. Apesar dessa restrição, a viagem marcará a primeira vez que um ser humano alcança a lua em mais de 45 anos. A última vez que isso ocorreu foi em 1975, quando foi encerrada a missão Apollo.

"Assim como os astronautas da Apollo, esses indivíduos irão viajar pelo espaço levando consigo as esperanças e os sonhos de toda a humanidade, guiados pelo universal espírito de exploração que temos", analisa a empresa em comunicado.

A SpaceX pretende levar o turismo espacial adiante. Segundo a empresa, outras pessoas já manifestaram interesse em fazer uma expedição à lua e estão no aguardo desta primeira experiência.

Nova corrida espacial?

O anúncio da empresa de Elon Musk surge poucos dias após russos e britânicos declararem suas pretensões em relação ao turismo espacial.

A principal agência espacial da Rússia, a Energia, anunciou que pretende começar a oferecer voos comerciais à lua em 2022 . A empresa afirmou que venderá nove assentos da nave espacial Soyuz a turistas já no outono deste ano. A viagem permitirá que os viajantes voem pela órbita da lua no caminho para o destino final: a Estação Espacial Internacional.

Já no Reino Unido, novas leis recém-aprovadas permitem que voos comerciais ao espaço estejam  disponíveis já a partir de 2020 .

Na expedição da SpaceX, os turistas irão viajar a bordo de cápsulas Dragon 2, desenvolvidas, com o suporte da Nasa. A Dragon 2 será levada para fora da órbita da Terra com a ajuda de um foguete Falcon Heavy, desenvolvido com recursos da própria agência espacial.

Em comunicado, empresa SpaceX agradeceu a agência espacial americana Nasa:
SpaceX
Em comunicado, empresa SpaceX agradeceu a agência espacial americana Nasa: "Não seria possível sem ela"


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.