Funcionária serve estudante em escola
Divulgação/ASCOM - 25.07.2022
Funcionária serve estudante em escola

Para garantir a segurança alimentar dos estudantes, a Prefeitura de São Paulo ofereceu refeições diárias aos estudantes da Rede Municipal durante o período de recesso escolar, entre os dias 11 a 22 de julho. Elas foram servidas em 52 polos distribuídos pela capital onde ocorreu o Recreio nas Férias.

O Recreio nas Férias é um programa que esteve em sua 40ª edição e ofereceu atividades recreativas para crianças e adolescentes de 4 a 14 anos. Ele foi realizado entre os dias 11 a 15 de julho em duas EMEFs, três CECIs, duas associações e 45 CEUs.

Todos os participantes, que incluíam estudantes da Rede Municipal e comunidade em geral, tiveram acesso a três refeições diárias, sendo café da manhã, almoço e lanche da tarde. Cerca de 9.563 estudantes foram atendidos e 47.812 mil refeições foram servidas.

No café da manhã e no lanche foram servidos pães com proteína, como queijo e carne, sucos e frutas. Para o almoço, o cardápio incluiu itens como carne bovina, carne suína, peixe, frango, ovos, legumes, verduras e frutas como sobremesa.

Como o Recreio nas Férias considera as necessidades das crianças e adolescentes, como o acesso à cultura, lazer, recreação lúdica/cultural, entre outras, durante as atividades de passeios externos foram fornecidos kits lanches, compostos por fruta, sucos individuais e pães com recheio.

Neste ano, pela primeira vez mesmo após o término do Recreio nas Férias, as refeições continuaram sendo servidas entre os dias 18 a 22 de julho nos mesmos polos em que foram realizados o programa. Durante este período, os polos de atendimento serviram 45.532 refeições.

Crianças e adolescentes que participaram das atividades e outros interessados da comunidade puderam voltar a esses polos para almoçar, e em seguida levar um kit de frutas para casa. 58.959 mil kits foram entregues.

“Garantir a alimentação das crianças durante o recesso é de extrema importância. Segundo o CadÚnico, mais de 415 mil estudantes da rede municipal estão em situação de maior vulnerabilidade. Deste número 328,2 mil se encontram em extrema pobreza. O fornecimento de merenda durante esse período ajudou a diminuir o impacto nas crianças”, afirma a secretária de Educação em exercício, Malde Vilas Bôas.

Volta às aulas

Nesta segunda-feira (25), as aulas regulares foram retomadas para mais de 1 milhão de alunos na Rede Municipal, junto com o fornecimento da merenda escolar. As unidades escolares ainda contarão com o trabalho das 3,6 mil Mães Guardiãs, que auxiliam na realização dos protocolos sanitários dentro das escolas da Rede Municipal.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários