Orientação para escolas particulares é de restringir as atividades presenciais
Reprodução: iG Minas Gerais
Orientação para escolas particulares é de restringir as atividades presenciais

O Sírio-Libanês recomendou , através de uma carta divulgada na última quinta-feira (12), que  escolas particulares restrinjam as suas atividades presenciais. A orientação veio após um grupo que contratou a consultoria do hospital.

A nota é assinada por Paulo Chapchap, diretor-geral do Sírio-Libanês, e argumenta que, no momento, é " fundamental adotar medidas mais contundentes que possam mitigar " a contaminação.

No documento, Paulo atesta que atividades escolares, desde realizadas com os protocolos sanitários, têm baixo risco de contaminação.

Porém, devido a escalada no número de casos, Chapchap orienta que é necessário "medidas em diferentes frentes para reduzir toda e qualquer movimentação de pessoas nas cidades".


De acordo com o Plano SP, mesmo durante a fase emergencial as escolas particulares e municipais poderão receber até 35% da capacidade dos alunos para atividades dentro do ambiente escolar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários