Eduardo Paes toma posse como prefeito no RJ
Reginaldo Pimenta / Agência O Dia
Eduardo Paes toma posse como prefeito no RJ

Eduardo Paes (DEM), eleito com 1.629.319 votos, toma posse como prefeito do Rio na manhã desta sexta-feira numa cerimônia na Câmara dos Vereadores. Durante a solenidade também tomam posse os 51 vereadores eleitos. Os novos integrantes do legislativo municipal já elegem os integrantes da Mesa Diretora da Casa, que darão posse ao prefeito e seu vice, Nilton Caldeira (PL). Antes da posse, Paes passou a virada de ano no Centro de Operações Rio, na Cidade Nova, acompanhando o esquema de monitoramento especial para um réveillon atípico em meio à pandemia de Covid-19.

O novo prefeito inicia sua gestão um choque de corte de gastos e suspensão de contratos para auditoria. Uma edição extraordinária do Diário Oficial traz 74 decretos, sendo que 44 deles são da área econômica. Entre os decretos, há medidas de austeridade, metas e até atos para investigar eventuais prejuízos aos cofres públicos causados pelo antecessor de Paes, Marcelo Crivella (Republicanos).

De acordo com a Câmara Municipal, a cerimônia de posse segue um rito próprio, determinado pelo Regimento Interno e pela Lei Orgânica Municipal, e se divide em duas partes. Na primeira, em Sessão Solene presidida pelo vereador mais votado (Tarcísio Motta - PSOL, com 86.243 votos), os parlamentares eleitos apresentam o diploma da Justiça Eleitoral e a relação de bens, e são empossados sob o compromisso de respeitar as leis e desempenhar com retidão o mandato.

Você viu?

Em seguida, terá a eleição dos membros da Mesa Diretora, órgão que tem por função dirigir os trabalhos legislativos pelos próximos dois anos. Uma vez eleita a Mesa, seu presidente convoca Sessão Extraordinária para dar posse ao prefeito e ao vice-prefeito e receber seu compromisso. A Mesa é composta por um presidente, dois vice-presidentes e dois secretários, além de dois suplentes.

No total, este ano, foram 2.633.332 de votos válidos em vereadores de diferentes partidos. Dos 17 novos parlamentares, três já tiveram mandato na Casa: Laura Carneiro (DEM), Chico Alencar (PSOL) e Ulisses Marins (Republicanos). DEM, PSOL e Republicanos foram os partidos mais votados, com 7 cadeiras cada, seguidos por PSD, PT e Avante, todos com 3 parlamentares.

Após a sessão extraordinária, a Câmara do Rio dará prosseguimento ao recesso parlamentar, que começou no dia 15 de dezembro. As atividades legislativas terão início em 15 de fevereiro, quando será definida a composição das Comissões Permanentes.

Veja a lista dos vereadores:

  • Tarcísio Motta (PSOL)
  • Carlos Bolsonaro (Republicanos)
  • Gabriel Monteiro (PSD)
  • Cesar Maia (DEM)
  • Chico Alencar (PSOL)
  • Marcos Braz (PL)
  • Rosa Fernandes (PSC)
  • Carlo Caiado (DEM)
  • Tainá de Paula (PT)
  • Luciano Vieira (Avante)
  • Monica Benício (PSOL)
  • Inaldo Silva (Republicanos)
  • Teresa Bergher (Cidadania)
  • Felipe Michel (PP)
  • João Mendes de Jesus (Republicanos)
  • Junior da Lucinha (PL)
  • Marcio Ribeiro (Avante)
  • Vera Lins (PP)
  • Tânia Bastos (Republicanos)
  • Thiago K. Ribeiro (DEM)
  • Rafael Aloisio Freitas (Cidadania)
  • Jorge Felippe (DEM)
  • Verônica Costa (DEM)
  • Alexandre Isquierdo (DEM)
  • Reimont (PT)
  • Jairinho (Solidariedade)
  • Luiz Carlos Ramos Filho (PMN)
  • Luciana Novaes (PT)
  • Willian Coelho (DC)
  • Dr Carlos Eduardo (Pode)
  • Paulo Pinheiro (PSOL)
  • Ulisses Marins (Republicanos)
  • Laura Carneiro (DEM)
  • Thais Ferreira (PSOL)
  • Zico (Republicanos)
  • Jair da Mendes Gomes (PROS)
  • Wellington Dias (PDT)
  • Marcelo Arar (PTB)
  • Jones Moura (PSD)
  • Renato Moura (Patriota)
  • Celso Costa (Republicanos)
  • Dr João Ricardo (PSC)
  • Pedro Duarte (Novo)
  • William Siri (PSOL)
  • Dr Gilberto (PTC)
  • Rocal (PSD) - 9.280
  • Dr Marcos Paulo (PSOL)
  • Waldir Brazão (Avante)
  • Marcio Santos de Araujo (PTB)
  • Rogério Amorim (PSL)
  • Vitor Hugo (MDB)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários