Site da carta pela democracia sofreu 2.340 tentativas de ataque hacker
Fernando Frazão/Agência Brasil - 14.11.2020
Site da carta pela democracia sofreu 2.340 tentativas de ataque hacker

Lançada na última terça-feria (26), a página que hospeda a Carta em Defesa do Estado Democrático de Direito já sofreu 2.340 tentativas de ataques hacker. O documento foi criado por um grupo de ativistas, professores, alunos e ex-alunos da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (FDUSP).

Segundo a assessoria de comunicação da FDUSP, as tentativas de ataque têm sido constantes desde que a página entrou ao ar. A equipe do projeto atua para impedir a invasão da página.

A iniciativa visa coletar assinaturas ao documento, que será lido no Pátio das Arcadas, na FDUSP, em 11 de agosto. A carta defende a democracia e pede respeito ao resultado do processo eleitoral.

Com os frequentes ataques à democracia, ao Supremo Tribunal Federal e ao processo eleitoral - a grande maioria deles feitos ou impulsionados por Jair Bolsonaro (PL) e seus eleitores - os criadores do documento acreditam que a política brasileira passa por um período perigoso.

Desde a publicação, o documento recebeu o apoio de políticos de esquerda e de direita, de economistas ortodoxos e heterodoxos; de advogados lavajatistas e garantistas e até mesmo de personagens que já estiveram ligados ao governo de Jair Bolsonaro (PL).

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários