No Brasil, crianças e adolescentes são as maiores vítimas de estupro
Pixabay
No Brasil, crianças e adolescentes são as maiores vítimas de estupro


As crianças e adolescentes são as maiores vítimas do crime de estupro no Brasil. Segundo os dados do anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado hoje pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), 61,3% das vítimas tem menos de 14 anos.

A faixa etária dos 5 aos 9 anos concentra 19,1% das vítimas; e de 10 a 13 anos, 31,7%. São 45.994 casos registrados entre essa população.

Em todo o ano de 2021, 66.020 estupros foram reportados em delegacias de polícia, um aumento de 4,9% em relação a 2021 - e o número pode ser muito maior, já que pesquisadores e especialistas em saúde apontam para uma grande subnotificação desse tipo de crime.

O documento afirma que 9 em cada 10 casos registrados foram de autoria de um conhecido, considerando os registros em que a informação estava disponível.

O perfil das vítimas segue o padrão das últimas pesquisas - 88% são mulheres, maiorias em todas as faixas etárias. As vítimas do sexo masculino são majoritariamente crianças; 52,2% são negras e 46,9% brancas. Amarelos e indígenas são menos de 1%.

De 2012 a 2021, quase 600 mil pessoas foram vítimas de estupro ou estupro de vulnerável o Brasil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários