O ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres
Marcelo Camargo/Agência Brasil - 09/11/2021
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres

O ministro da Justiça, Anderson Torres, informou nesta quarta-feira que a Polícia Federal encontrou "remanescentes humanos" em local onde o indigenista Bruno Pereira e o jornalista Dom Philips desapareceram na Amazônia. O anúncio foi feito pelo ministro em uma rede social.

"Acabo de ser informado pela @policiafederal que “remanescentes humanos foram encontrados no local, onde estavam sendo feitas as escavações”. Eles serão submetidos à perícia. Ainda hoje, os responsáveis pelas investigações farão uma entrevista coletiva em Manaus", escreveu Torres.

Mais cedo nesta quarta-feira os dois suspeitos presos pelo desaparecimento do indigenista brasileiro e do jornalista inglês confessaram o assassinato das vítimas. Oseney da Costa Oliveira, o Dos Santos, foi o primeiro a admitir o crime. Depois, seu irmão, Amarildo da Costa de Oliveira, conhecido como Pelado, também assumiu participação nas mortes. A polícia levou um investigado para a área de buscas pelas vítimas, que não são vistas desde o dia 5 de junho.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários