Allan dos Santos, blogueiro bolsonarista
Alessandro Dantas/ PT no Senado
Allan dos Santos, blogueiro bolsonarista

Nesta terça-feira (10), o blogueiro bolsonarista Allan dos Santos divulgou seu novo canal no YouTube por meio das redes sociais - foragido da Justiça Brasileira, seu retorno se dá após ele ser banido da plataforma.

Dos Santos teve sua prisão decretada em outubro do ano passado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, que também determinou à plataforma de vídeos o banimento dos canais do blogueiro.

Intitulado “Calar não é uma opção”, o vídeo anuncia a volta do “Terça livre” — canal criado pelo blogueiro e bloqueado pelo STF — ao YouTube. Ele pediu doações a seus apoiadores para voltar a produzir conteúdo nas redes.

“Preciso do seu apoio: não aceitarei a censura imposta à imprensa live nos inquéritos políticos do ministro do STF Alexandre de Moraes”, diz a legenda do vídeo. 

Nesta manhã, o canal contava com pouco mais de 300 inscritos. O YouTube ainda não se posicionou.

Residindo atualmente nos EUA, Allan dos Santos é alvo de dois inquéritos que investigam suposto esquema de divulgação de informações falsas no Supremo.

Um dos inquéritos apura ameaças a ministros do tribunal e disseminação de conteúdo falso na internet, as chamadas fake news. O outro investiga o financiamento de atos antidemocráticos. Em outubro, Moraes determinou a prisão preventiva do blogueiro além de ordenar, ao Ministério da Justiça, o início imediato do processo de extradição.

Porém, o blogueiro vem driblando determinações da Justiça ao criar novas contas em plataformas como Telegram e Instagram — além do YouTube. 

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários