Criança indígena de 10 anos morre após ataque de jacaré no Pará
Foto: divulgação/ corpo de bombeiros
Criança indígena de 10 anos morre após ataque de jacaré no Pará

Nesta quarta-feira (4), no Pará, uma criança indígena de apenas 10 anos morreu após ser atacada por um jacaré. O ataque ocorreu enquanto ela e o irmão tomavam banho de rio.

A aldeia Boa fé, onde mora a família, fica na Terra Indígena Munduruku, na zona rural do município de Itaituba, na região sudoeste do Pará.

Os irmãos tomavam banho no Rio Tapajós, próximo à aldeia deles, quando um jacaré surgiu atrás da criança e atacou de surpresa. O irmão da criança ainda tentou auxílio ajuda do pai, mas o animal já havia levado a vítima para o fundo do rio. Apenas horas depois, após muito procurar, o pai encontrou o corpo do filho.

O Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI), por meio de uma assistente social, presta amparo à família. O corpo será enterrado nesta quinta (5), na aldeia onde morava.

O Corpo de Bombeiros Militar do Pará (CBM-PA) informou que não foi acionado para o caso e que, por ser uma aldeia localizada na zona rural, não costumam ser chamados, devido à logística e comunicação difíceis.

Celso Piquet, tenente coronel do Corpo de Bombeiros, esclareceu quepelos ferimentos, mesmo sem destruir o corpo da criança, fica claro que foi um ataque de jacaré. Explica ainda que esses animais abocanham as vítimas e presas e levam para o fundo do rio, onde elas morrem afogadas.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários