Máscara
Pixabay
Máscara

A instituição britânica RSPCA, que promove o bem-estar dos animais, lançou uma campanha para cortar o elástico das máscaras antes de jogá-las no lixo. Apenas em um mês, a organização atendeu 900 chamadas relacionadas a animais presos em máscaras , sobretudo aves que enroscam os bicos e as patas. Agora, a Prefeitura de São Paulo repete a boa ação e em parceria com a Via Quatro e a Via Mobilidade, responsáveis pelas linhas amarelo e lilás do Metrô, colocaram cartazes nas estações para a conscientização dos cidadãos ao descartar as máscaras.

Estima-se que por causa da pandemia de coronavírus, quase 7 bilhões de máscaras descartáveis sejam utilizadas diariamente em todo o mundo.

Por conta do possível risco de contaminação, as máscaras não podem ser recicladas e acabam em sua maioria despejadas em aterros sanitários.

“Agora que máscaras são obrigatórias e podem continuar por algum tempo, esta mensagem é mais importante do que nunca. Estamos preocupados com as máscaras descartadas que podem se tornar um perigo significativo, especialmente para animais selvagens e pássaros”, alertou Chris Sherwood, diretor executivo da RSPCA.

Tiras ou alças de elástico, embora aparentemente inofensivas, podem ficar enroscadas e, se ingeridas, também podem causar asfixia. É um problema de saúde ambiental. A recomendação é que, sempre que possível, corte o elástico antes de jogar a máscara ou qualquer outro produto no lixo.

Veja abaixo outras dicas da RSPCA para proteger os animais:

– Recicle e reutilize tanto quanto possível – e coloque todo o resto na lixeira;
– Corte as alças das sacolas plásticas antes de reciclar para evitar que os animais fiquem emaranhados;
– Corte suportes para latas de plástico e elásticos para que os animais não sejam apanhados;
– Corte os balões antes de colocá-los no lixo;
– Corte luvas descartáveis para evitar que os animais fiquem enroscados;
– Limpe e esvazie os recipientes após o uso e feche as latas ou corte os recipientes ao meio antes de reciclar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários