Ensino
Instagram
Ensino

A Prefeitura de São Paulo prorrogará os contratos dos professores temporários até o encerramento do ano letivo de 2022.

O Projeto de lei foi aprovado nesta sexta-feira (17) pela Câmara Municipal e poderá beneficiar mais de 3 mil professores que atuam na Rede Municipal, caso necessário. O objetivo é garantir o reforço no atendimento dos bebês, crianças, jovens e adultos.

A medida leva em consideração o tempo para a realização de novos concursos, que já foram autorizados e devem ser realizados nos próximos meses. A prorrogação é para cargos de professores de Educação infantil e Ensino Fundamental I, II e Ensino Médio. A contratação de auxiliares técnicos também está prevista, mas conforme a demanda.

Novas chamadas

Leia Também

No início de dezembro, a Prefeitura também publicou a autorização para nomeação de aprovados em concursos públicos para diversos cargos.

Ao todo, foram autorizadas nomeações de 491 Auxiliares Técnicos de Educação, 1.200 Professores de Educação Infantil, 13 Diretores, 7 Supervisores, e 154 Coordenadores Pedagógicos. Em 2021, já foram 3.651 nomeações autorizadas, que somadas as de hoje ficam em 5.516, além de 3.250 vagas autorizadas para serem preenchidas por concurso, somando quase 7 mil novas oportunidades.

Os concursos para provimento de cargos de Professor de Educação Infantil, e de Diretor de Escola e Supervisor Escolar foram realizados em 2015, com vigência até outubro deste ano. Para garantir a extensão de sua validade, a Câmara Municipal aprovou a Lei, proposta pela Prefeitura de São Paulo, prorrogando o prazo de validade de dois concursos para profissionais da Educação até o dia 31 de dezembro de 2021.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários