Jair Renan Bolsonaro
Pablo Jacob / Agência O Globo
Jair Renan Bolsonaro

Jair Renan, filho do presidente Jair Bolsonaro, faltou ao depoimento na Polícia Federal sobre o inquérito que investiga supostos pagamentos de vantagens indevidas por empresários.

Segundo o seu advogado, Frederick Wassef, ele não compareceu porque estava doente. “Renan Bolsonaro está de cama e tomando antibiótico. Foi vítima desta nova virose que se espalhou por Rio de Janeiro e São Paulo e que lotou todos os hospitais”, afirmou ele, em entrevista ao Metrópoles.

O inquérito em questão investiga se Jair Renan recebeu vantagens de empresários com interesses em contratos com a Administração Pública Federal e Distrital. Entre as suspeitas está a de que a Bolsonaro Jr Eventos e Mídia promoveu articulações entre a Gramazini Granitos e Mármores Thomazini. Jair Renan chegou a ganhar um carro elétrico avaliado em cerca de R$ 90 mil.

Para o advogado do filho do presidente, a ação é baseada em “fake news” feita pelo deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP). “Flávio Bolsonaro também já foi vítima deste parlamentar comunista que, usando deste mesmo modus operandi, tentou jogar a máquina pública contra o Senador. Já existe boletim de ocorrência pelo crime de denunciação caluniosa contra Ivan Valente, tendo como vítima Flávio Bolsonaro. Em breve existirá outro contra Ivan Valente”, afirmou Frederick Wassef.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários