Mulher é agredida pelo marido no RJ
Reprodução/TV Globo
Mulher é agredida pelo marido no RJ

O soldador Vitor Batista, de 32 anos, foi preso em flagrante pela Polícia Civil de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, após ser gravado por flagrado por vizinhos agredindo sua esposa, Maria José, de 35 anos, que está grávida de três meses. Na delegacia, ele alegou que se tratava de uma briga de casal. As informações são do G1.

Além dos vídeos, no entanto, a Delegacia de Atendimento a Mulher da cidade localizada na Baixada Fluminense contou com o depoimento da vítima, que relatou ser frequentemente agredida pelo marido. Em maio, ela chegou a se jogar da janela do apartamento do casal, que fica no segundo andar, para fugir do homem.

No vídeo gravado pelos vizinhos, que mesmo à distância, pediam para que ele parasse com a agressão, ela quase repetiu a cena - chegou a colocar a perna para fora da janela. Um outro filho de Maria, de quatro anos, presenciou toda a cena. O casal está junto há dois.

“Ele tinha ciúme e era muito possessivo, não a deixava ir para rua, só para o trabalho. Inclusive perdi meu emprego. No que ele me agredia, eu ficava marcada e não podia trabalhar. Eu inventava desculpas, porque eu ficava dentro de casa”, relatou a vítima ao G1.

Batista teria se irritado com um pedido de socorro feito por Maria. Ela jogou um papel pela janela com um pedido de socorro, o que alertou os vizinhos. “A gente sempre acredita que a pessoa possa vir a mudar, só que o tempo continua a agressão, e a ficha vai caindo. E só piora. Eu não tinha coragem. Eu tinha vergonha”, completou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários