Bombeiros atuam na av. Paulo de Frontin; trecho está interditado
Centro de Operações do Rio
Bombeiros atuam na av. Paulo de Frontin; trecho está interditado

Um incêndio atingiu um imóvel na Avenida Paulo de Frontin, altura do número 215, no Rio Comprido, na Zona Norte do Rio, na manhã desta segunda-feira. O Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar e a CET-Rio atuam no local. O transito é desviado devido à interdição do trecho.

Segundo vizinhos, no imóvel funciona uma espécie de pensão que tem 12 quartos, onde moravam famílias inteiras. Um posto de combustível funciona ao lado e segue fechado. Uma delas é a da cozinheira Ana Silene Viana, de 45 anos, que morava no local há 10 anos com o marido e quatro filhos. Ela estava no trabalho e ficou sabendo do incêndio pelo filho, que estava no imóvel, mas conseguiu sair antes que as chamas comprometessem o prédio.

"Queimou tudo lá dentro. Guarda-roupa, televisão, geladeira, documentos. Perdemos tudo!", disse o filho dela, Williames Nóbrega da Silva, de 23 anos, que conseguiu fugir do incêndio pulando da janela e salvou dois cachorros.

Você viu?

Segundo o Centro de Operações Rio, às 12h27, a Avenida Paulo de Frontin segue interditada no sentido Rebouças, na altura da Rua João Paulo I, na Praça da Bandeira, para ação dos bombeiros no combate às chamas. Agentes da CET-Rio fazem o desvio do trânsito pela João Paulo I, em que o motorista deve seguir pela Rua do Matoso e pela Rua Haddock Lobo para retornar à avenida. O trânsito tem retenção no trecho do acordo com o COR.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários