Festa de aniversário em ala da Covid
Reprodução
Festa de aniversário em ala da Covid

Nesta segunda-feira (28), morreu o paciente de 58 anos que comemorou o aniversário em uma ala de Covid-19 no início do mês . O homem estava internado em uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Mossoró , no Rio Grande do Norte. As informações são da Inter TV , afiliada da TV Globo na região.

O Hospital São Luiz — para onde o paciente foi transferido — disse que ele morreu após passar 20 dias na UTI com complicações da Covid-19. O caso ganhou repercussão após um vídeo de pacientes e funcionários da UPA cantando parabéns para o paciente ser compartilhado nas redes sociais . Ainda, a gravação chamou atenção pelo fato do homem ter tirado a máscara para soprar as velas do bolo.

Além do perigo de contaminação por Covid-19 , acender velas em ambiente hospitalar não é recomendado, já que pode causar acidentes com equipamentos médicos de oxigênio inflamável. Em nota, a secretaria municipal confirmou que o fogo no local representava um risco. Ao portal  UOL , a UPA afirmou que "todos os funcionários foram advertidos" e que um processo administrativo havia sido aberto.

"A Secretaria Municipal de Saúde de Mossoró tem clareza de que a conduta mostrada nas imagens não condiz com os protocolos de biossegurança de enfrentamento à covid-19 amplamente adotados", escreveu a pasta.

Segundo o UOL , dois dias depois da comemoração, o homem foi transferido para o Hospital São Luiz, que também fica em Mossoró, mas recebe os pacientes mais graves da doença. A Secretaria de Saúde da cidade chegou a abrir uma investigação para apurar o caso.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários