Deputada Flordelis, acusada de ser a mandante do assassinato de seu marido
Fernando Frazão Ag.Brasil
Deputada Flordelis, acusada de ser a mandante do assassinato de seu marido

O presidente do Partido Social Democrático (PSD), Gilberto Kassab, dará prosseguimento ao processo de expulsão do partido da deputada federal Flordelis (PSD-RJ) caso o seu mandato seja cassado pela Câmara dos Deputados.

O parecer do processo de cassação contra Flordelis será votado nesta terçã-feira (1º) pelo Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados.

Segundo o Metrópoles, o partido não precisará esperar a decisão da 3ª Vara Criminal de Niterói, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), para expulsar a parlamentar.

Flordelis é acusada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) de ser a mandante do homicídio do marido, o pastor Anderson do Carmo, morto em junho de 2019.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários