Motorista do veículo encontrava-se com a habilitação vencida
Reprodução
Motorista do veículo encontrava-se com a habilitação vencida

Polícia Rodoviária Federal prendeu na última terça-feira (18) um membro do conselho tutelar que dirigia a 160km/h com nove pessoas dentro de um veículo - sendo seis delas crianças. O motorista - que encontrava-se com a carteira de habilitação vencida - só parou o veículo após seis quilometros de perseguição, na BR-020.

Das nove pessoas presentes no carro , nenhuma utilizava equipamentos de segurança - como os cintos. A capacidade máxima era de cinco pessoas no veículo.

Além da excessiva quantidade de passageiros, o motorista apresentou a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida desde 2018.

Nem o carro se salvou, já que seu motor havia sido roubado em 2016 e o chassi do veículo encontrava-se adulterado, segundo informações dos oficiais.

Você viu?

De acordo com os policiais , o rapaz alegou que "não percebeu que estava em alta velocidade e disse que também não tinha visto a viatura com policiais ordenando a parada".

O envolvido foi encaminhado para a 13ªDP (Sobradinho) e responderá por conduzir um veículo com a CNH vencida, direção perigosa, transporte de crianças sem cinto, lotação excedente e trânsito sem placas. O sujeito foi liberado.


O Conselho Tutelar de Formosa emitiu uma nota onde informa que "está apurando os fatos e que vai adotar todas as providências administrativas cabíveis em relação ao conselheiro e ao motorista que o entregou o veículo."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários