Pazuello flagrado sem máscara em shopping em Manaus
Reprodução
Pazuello flagrado sem máscara em shopping em Manaus

Flagrado sem máscara em shopping neste domingo (26),  o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello justificou que foi ao local apenas para comprar uma máscara nova. Em nota, a assessoria do militar disse que a presença de Pazuello sem o equipamento de proteção ao contágio do novo coronavírus "não foi proposital".

"Ele andou exatamente 5 metros da entrada ao quiosque onde efetuou a compra (...) "Por ser um homem público o fato dele ter entrado ao shopping sem máscara chamou realmente atenção. Entretanto não foi proposital".

No episódio, a fotógrafa Jaqueline Bastos disse que, ao confrontar Pazuello por não estar de máscara, o ex-ministro respondeu de forma irônica. "É, pois é, né, tem que comprar, onde vende isso?".

Em seguida, a fotógrafa disse que uma mulher que presenciou a cena entregou uma máscara ao militar.

Na nota divulgada por sua assessoria, Pazuello também pede desculpas pelo acontecido. "O correto era ter voltado e não ter entrado no shopping, mesmo estando em perfeito estado de saúde. [O ministro] recomenda ainda que todos continuem a fiscalizar qualquer pessoa que esteja sem máscara, só assim protegeremos uns aos outros". 

"Ele [Pazuello] foi orientado por uma colaboradora a adquirir uma máscara imediatamente e permaneceu com ela até sair do shopping. O Manauara Shopping se desculpa pela falta de protocolo, que será apurada e resultará desde já em amplo reforço de treinamento (...) É importante pontuar que o sucesso do combate ao coronavírus sempre dependerá do engajamento e do bom senso de todos, não apenas dos colaboradores ou da administração de estabelecimentos comerciais". 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários