Explosão deixou feridos e moradores assustados
Reprodução/Twitter
Explosão deixou feridos e moradores assustados

Bombeiros, equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), policiais e técnicos da defesa civil foram acionados neste sábado (24) após uma explosão em uma fábrica da White Martins , em Fortaleza, no Ceará , que deixou cinco pessoas feridas.

A unidade fabril da multinacional fica na Avenida Francisco de Sá, 2776, no Bairro Carlito Pamplona. Ela ocupa quase todo um quarteirão cercado por casas residenciais, pequenos comércios, ao menos dois postos de combustível e outros estabelecimentos.

A White Martins, uma das principais produtoras de oxigênio hospitalar do país, garantiu que a explosão registrada neste sábado (24) não afetará sua produção de oxigênio. Em nota, a multinacional assegurou que as instalações da unidade são usadas apenas para envasar o produto, que é fabricado e transportado da unidade fabril do Complexo do Pecém, a cerca de 50 quilômetros.

"A produção de oxigênio líquido no estado não foi comprometida e a empresa está buscando alternativas para o enchimento dos cilindros", informou a empresa.As causas da explosão ainda estão sendo investigadas.

Você viu?

De acordo com a assessoria da multinacional, ao menos quatro das cinco pessoas que, segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social, sofreram ferimentos trabalhavam na fábrica. Três dos feridos foram levados para o Instituto Doutor José Frota (IJF), onde foram submetidos a exames para avaliação clínica.

A fábrica ocupa mais de meio quarteirão de uma área cercada por residências, pequenos comércios, ao menos dois postos de combustível e outros estabelecimentos.

Vídeos gravados por moradores e pessoas que passavam pelo local no momento da explosão e compartilhados nas redes sociais mostram uma coluna de fumaça sobre a unidade fabril e alguns imóveis próximos supostamente afetados pela força da explosão, com vidraças quebradas e outros estragos.

A defesa civil municipal interditou a fábrica e técnicos estão vistoriando as construções vizinhas afetadas pelo acidente. Algumas vias próximas à empresa também foram temporariamente bloqueadas pela Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania.

Segundo a prefeitura, o bloqueio será mantido até que o corpo de bombeiros ateste que a área pode ser liberada. Segundo a Secretaria Estadual da Segurança Pública e Defesa Social, o risco de incêndio foi descartado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários