Praia de Copacabana vazia após decreto com restrições para evitar o avanço da Covid-19
Tânia Rêgo/ Agência Brasil
Praia de Copacabana vazia após decreto com restrições para evitar o avanço da Covid-19

A Prefeitura do Rio de Janeiro informou nesta quinta-feira (22) que irá manter as medidas restritivas para  conter o avanço da Covid-19 anunciadas na sexta-feira passada (16) mesmo após liminar da 6ª Vara da Fazenda Pública, que suspendeu os efeitos do decreto . Desde então, as praias estão liberadas , bem como o comércio ambulante e o funcionamento de boates .

A Prefeitura foi notificada na quarta-feira da decisão, que também revoga o toque de recolher das 23h às 5h. De acordo com matéria publicada pelo Portal Uol, a Procuradoria-Geral do Município informou que a liminar da Justiça não menciona o decreto publicado na semana passada e que vai encaminhar ao Tribunal de Justiça do Rio ainda nesta quinta-feira (22) um esclarecimento, já que o decreto 48.761/21 não foi objeto da decisão.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários