Motorista se negou a fazer teste de bafômetro e quebrou aparelho
Divulgação/PRF Goiás
Motorista se negou a fazer teste de bafômetro e quebrou aparelho

No último domingo (18), em Goiás , em Porangatu, um homem foi preso após  dirigir alcoolizado, fugir da polícia, agredir as autoridades, se recusou a fazer o teste de bafômetro, quebrar a máquina com um chute e por estar dirigindo sem habilitação. As informações foram apuradas pelo Metrópoles. 

Segundo um levantamento feito pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), entre o dia 1º a 18 de abril de 2020, já na pandemia do novo coronavírus , cerca de 21 flagrantes foram registrados de condutores sob efeito de álcool ou outras drogas. Já em 2021, os flagrantes já passaram para 67 nesses 18 dias de abril no estado.

Polícia vasculha dentro de carro do homem, latas e garrafas de bebidas alcoólicas são encontradas
Divulgação/PRF Goiás
Polícia vasculha dentro de carro do homem, latas e garrafas de bebidas alcoólicas são encontradas

A Polícia Rodoviária de Porangatu, que faz a fiscalização da unidade operacional local, foi acionada para atender um chamado sobre um carro que se locomovia arrastado uma carreta com um barco em manobras perigosas pela rodovia. Ao localizarem veículo, as autoridades deram a ordem para que homem encostasse o automóvel, mas ele não respeitou pedido e fugiu, entrando pelas ruas próximas.

Com o homem conduzindo o carro de maneira agressiva e em alta velocidade , a PRF solicitou o apoio da PM para conseguir capturar homem, pois ele estava colocando em risco a segurança dos pedestres da região e os demais que recorriam à via.

Segundo as informações da PRF, o motorista se mostrou irritado durante abordagem e estava acompanhado de duas mulheres. Homem chegou a iniciar uma luta corporal com as autoridades, porém, ele foi contido e policiais o levaram para o compartimento de transporte de detidos existente na viatura.

Carreta estava presa ao carro
Divulgação/PRF Goiás
Carreta estava presa ao carro

No interior do veículo do motorista, foi encontrado latas e garrafas de bebidas alcoólicas que já haviam sido consumidas. No momento em que deveria ter feito o teste do bafômetro , homem diferiu um golpe para cima do policial e acertou o aparelho, que acabou sendo quebrado. O estado de embriaguez foi confirmado depois de um exame de sangue.

Após ser localizado, homem foi apreendido em flagrante pela Polícia Civil de Porangatu, onde seu caso será apurado. Ele será indiciado pelos atos de dirigir embriagado, pôr em risco a vida ou saúde de outras pessoas, resistência, desobediência, dano, desacato, ameaça, dirigir veículo em via pública sem permissão ou habilitação, pode ter seu direito de dirigir cassado por gerar perigo de dano e por dano qualificado ao patrimônio público da União.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários