Vereador Dr. Jairinho é padrasto do menino Henry Borel, que morreu no dia 10 de março
Renan Olaz / Divulgação CMRJ
Vereador Dr. Jairinho é padrasto do menino Henry Borel, que morreu no dia 10 de março

Nesta quinta-feira (08), no Rio de Janeiro , a Câmara Municipal local irá pedir para que o vereador Dr. Jairinho seja afastado de seu cargo. Ele foi preso provisoriamente por 30 dias após ser suspeito do assassinato do menino Henry Borel, de quatro anos . As informações foram divulgadas pelo jornal O Dia.

Henry é filho de sua atual esposa, Monique Medeiros com o engenheiro Leniel Borel. Com o andamento das investigações, a criança foi assassinada após ter sofrido sessões de tortura .

Conselho pretende se reunir às 18h, na sala de comissões da Câmara da região. Teresa Bergher, é a vereadora criadora da emenda que desenvolveu o conselho.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários