The Washington Post:
Reprodução/Flickr
The Washington Post: "Interrupção da democracia brasileira será intolerável"

Um editorial do The Washington Post na última sexta-feira (02) alertou para um possível rompimento da democracia no Brasil por parte do presidente  Jair Bolsonaro (sem partido).

Na visão de um dos mais respeitados jornais do mundo, o presidente brasileiro perdeu o combate ao novo coronavírus e estende a sua incompetência para o campo da vacinação , já que menos de 3% da população foi completamente vacinada - ou seja, tomou as duas doses do imunizante .

Plano B

O The Washington Post reitera sua preocupação para outro ' desastre '. Brian Winter, editor-chefe em assuntos sobre as Américas descreveu o que chama de ' Plano B ' de Bolsonaro para as eleições do ano que vem: "ter a maior quantidade possível de homens armados ao seu lado em um caso de impeachment ou de resultado adverso nas eleições presidenciais de 2022."


Posicionamento internacional

A coluna finaliza e pondera que talvez o Congresso brasileiro não leve adiante a ideia de impedir o mandato de Jair Bolsonaro , mas que pelo cenário de guerra causado - quase 330 mil mortes por covid-19 - junto ao ' menosprezo ' do novo coronavírus, as promoções de remédios ineficazes e ao claro posicionamento contrário as vacinas, o posicionamento dos Estados Unidos da América e dos países latinoamericanos deve ser claro: "uma interrupção da democracia no Brasil será intolerável ."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários