Há um ano, Silas Malafaia questionava gravidade do covid-19:
Reprodução
Há um ano, Silas Malafaia questionava gravidade do covid-19: "O tempo vai dizer"

Na última semana de março de 2020, o pastor  Silas Malafaia realizou uma previsão sobre o novo coronavírus em suas redes sociais. O religioso minimizou a gravidade da pandemia e disse que, "no final da história vamos ver quem está com a razão, Bolsonaro ou os politiqueiros de plantão e a imprensa". Veja a postagem:


Um ano depois da ' profecia ', o Brasil ocupa a segunda colocação mundial em número de casos - com mais de 12,5 milhões de infectados - e de óbitos - com 312.299 mortes.

No tweet, o pastor cita que "Na ITÁLIA, 5 pessoas abaixo de 50 anos morreram , todos com problemas de saúde . NINGUÉM ABAIXO 30 MORREU".

Você viu?

Tira-teima

Atualmente, a Itália enfrenta seu quarto lockdown , sendo três destes de maneira "totalmente restritiva ". Em relação as mortes, 108 mil italianos perderam a vida.

Malafaia argumentou que "só" haviam 5 mortes de pessoas abaixo dos 50 anos. Segundo o site ' statista ', até o dia 24 de março de 2021, a Itália já acumula 1.157 pessoas com 49 anos ou menos mortas por covid-19.


Outro ponto levantado pelo pastor foi o número nulo de pessoas abaixo dos 30 anos de idade que morreram em decorrência do novo coronavírus. Após a previsão , 75 italianos perderam a vida. O número é equivalente a morte de mais de um jovem por semana .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários