Adiamento aconteceu devido ao aumento de casos de covid-19
MChe Lee/Unsplash
Adiamento aconteceu devido ao aumento de casos de covid-19


A Secretaria municipal de Educação (SME) do Rio anunciou, no fim da noite desta segunda-feira (15), o adiamento da próxima fase do retorno às aulas presenciais  na cidade. De acordo com o cronograma inicial, estudantes do 3º ao 5º ano, do 6º ano Carioca e do 9º ano retomariam o ensino presencial a partir da próxima quarta-feira, dia 17.

"Esses alunos deverão seguir, por enquanto, no ensino remoto", informa a nota divulgada pela SME. Assim, as aulas presenciais seguirão ocorrendo apenas para os matriculados na Pré-escola, no 1º ano e no 2º ano do Ensino Fundamental. "Está mantida a abertura das unidades aptas para alunos destes anos escolares no dia 17", comunica o texto postado pela secretaria nas redes sociais. A lista atualizada encontra-se no site da SME.

"Como nosso Plano de Volta às Aulas já previa, o faseamento do retorno presencial está sujeito a alterações. Neste momento, nosso objetivo é alcançar mais alunos na primeira fase, fortalecendo nosso foco na alfabetização e na educação infantil", acrescenta a nota, que conclui: "Além disso, seguimos em contato contínuo com as autoridades sanitárias para agir rapidamente, sempre que preciso".

A decisão da Prefeitura do Rio vem em meio à reaceleração da pandemia da Covid-19 no Brasil e, também, na cidade e no estado do Rio. Em uma live curta realizada nas redes sociais, o secretário de Educação, Renan Ferreirinha, reconheceu que o quadro relativo ao coronavírus foi determinante para o adiamento. "É óbvio que estamos analisando sempre o que está acontecendo no Brasil e no Rio de Janeiro, priorizando a questão da saúde", disse Ferreirinha.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários