Cariocas ignoraram o uso de máscara em praias do Rio de Janeiro
Antonio Scorza / Agência O Globo
Cariocas ignoraram o uso de máscara em praias do Rio de Janeiro

O governo do Rio de Janeiro estuda barrar a entrada de turistas no estado para conter o aumento da transmissão da Covid-19 . Segundo o secretário estadual de saúde, Carlos Alberto Chaves , a medida será debativa ao longo desta semana.

"Opinião minha: eu vejo as praias cheias de turistas... é hora de turismo aqui? É hora de samba na praia? Eu acho que não”, questionou Chaves.

 “Nós estamos conversando essa semana com o governo do Estado, porque o mapa epidemiológico vai ser lançado na (próxima) sexta-feira à noite, então vamos conversar sobre isso durante a semana, avaliando todas as estatísticas, para conversarmos entre nós e levarmos ao governador a nossa opinião”, afirmou durante entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira (10)

“Não é uma ideia minha, nós estamos observando. Nós estudamos tudo. Eu não sou o dono da verdade, há vários posicionamentos a serem dados, uns mais drásticos, outros mais leves, mas tudo será colocado tecnicamente”, completou o secretário.

Segundo membros da secretaria estadual de Saúde do Rio de Janeiro, o aumento da taxa de transmissão no estado é reflexo das aglomerações do período de carnaval. No entanto, disse que cada município pode decidir suas próprias regras de combate à Covid-19.

“Pela própria lei, os municípios decidem o que vão fazer: podem fechar fronteira, fazer lockdown, o que eles quiserem. Nós temos que fazer uma coisa abalizada. Nós estamos conversando direto, com todos os 92 municípios, sobre todos os problemas de cada um deles. Mas o que não podemos é entrar com uma decisão pesada dentro do município. Isso é uma decisão do governo. Nós somos assessoria técnica."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários