Acusado de estupro é preso ao se candidatar para vaga em Hospital da Criança
Marcos Nunes/Agência O Globo
Acusado de estupro é preso ao se candidatar para vaga em Hospital da Criança

Um homem que trabalha no Senado Federal como brigadista foi preso, nesta última sexta-feira (5), em uma emboscada, ao se candidatar para uma suposta vaga de emprego no Hospital da Criança. O homem, 38 anos, é acusado de estuprar, pelo menos, nove crianças no Distrito Federal.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, o suspeito já era investigado quando foi apurada a candidatura dele para o serviço. "Ele estava atuando no Senado, mas se habilitou a vaga e tinha passado por um processo seletivo no Hospital da Criança", explicou Guilherme Sousa Melo ao jornal Correio Braziliense.

O investigador ainda disse que a polícia aproveitou a candidatura do homem para conseguir prendê-lo. "Após descobrirmos sobre a habilitação, decidimos armar uma emboscada para ele no local. Assim, quando ele chegou, pudemos realizar a prisão dele, sem a possibilidade de fuga", disse.

Crimes

O brigadista abusou sexualmente de meninas de 5 a 12 anos. Para cometer os crimes, ele ficava perto de barbearias ou igrejas para abordar as crianças quando elas iam cortar o cabelo ou visitar o templo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários