Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco
Jefferson Rudy/Agência Senado
Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco

O Presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) afirmou que o Ministério da Saúde precisa provar que não é negacionista com ações. A declaração foi dada no final de uma audiência pública no Senado que contou com a presença do diretor-executivo do ministério, Élcio Franco, e com o presidente da Anvisa, Antonio Barra Torres.

"O que me chamou atenção nessa audiência pública: a fala do secretário executivo do Ministério da Saúde representando o Ministério da Saúde. A fala do diretor presidente da Anvisa falando o que precisa ser feito na pandemia: uso de máscara, higienização das mãos, distanciamento social ."

Você viu?

Esses são exemplos que nós esperamos que os homens públicos deste país tenham e deem para a população brasileira, que já está plenamente consciente do que precisa ser feito: usar máscara, higienizar as mãos, evitar aproximações e aglomerações até que essa tempestade terrível possa passar", completou o presidente do Senado.

"E é isso o que nós esperamos. Uma fala precisa do secretário executivo, coronel Élcio, de que o Ministério da Saúde não é negacionista . Demonstre não ser negacionista com as suas ações, com exemplo a ser dado para a população brasileira. É isso o que nós esperamos", concluiu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários