Idosa se recusa a ser vacinada por enfermeiro negro em Taquaritinga-SP
Reprodução: iG Minas Gerais
Idosa se recusa a ser vacinada por enfermeiro negro em Taquaritinga-SP

Um caso de  racismo ocorreu durante a campanha de vacinação na cidade de Taquaritinga-SP, na última terça-feira (03). O ocorrido foi confirmado pela assessoria de imprensa da prefeitura municipal através de uma nota.

A família de uma idosa , que passou pelo drive-thru do Ginásio de Esportes Antônio Dambrósio, se negou a tomar a vacina que estava na mão do enfermeiro Antônio Ramos.

Segundo a nota da prefeitura, o profissional "se aproximou do carro pra vacinação e a filha falou: ‘não se aproxime da minha mãe ’. Ele pegou os documentos para fazer as anotações, entregou para outro profissional e voltou ao posto de atendimento para o próximo ”.

Após o ocorrido , Antônio comentou que acreditava que o motivo seria a cor de sua pele. A Secretaria de Saúde foi notificada e a polícia acionada. O boletim de ocorrência não foi realizado devido ao alto número de pacientes a serem vacinados . O carro já havia sido liberado e Antônio continuou com os atendimentos .


Após o caso, o enfermeiro - que já trabalha a área da saúde há nove anos na prefeitura de  Taquaritinga - recebeu o apoio dos colegas. A cidade de Taquaritinga possui pouco mais de 55 mil habitantes .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários