Anvisa cobra do Instituto Butantan dados atrasados sobre a CoronaVac
Reprodução: iG Minas Gerais
Anvisa cobra do Instituto Butantan dados atrasados sobre a CoronaVac

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária ( Anvisa ) cobrou o Instituto Butantan sobre os relatórios de imunogenicidade - capacidade da vacina em produzir anticorpos - da CoronaVac que deveriam ter sido entregues no último domingo (28) e estão atrasados .

Ao aprovar o uso emergencial da CoronaVac , no dia 17 de janeiro, a Anvisa determinou que as informações e dados adicionais fossem teriam de ser entregues no final de fevereiro .

O Instituto Butantan emitiu uma nota solicitando a prorrogação do prazo de entrega dos relatórios , e argumentou que "o principal motivo do atraso foi a dificuldade de disponibilidade e importação dos insumos e reagentes necessários para a conclusão dos estudos".


Com o não cumprimento das normas, a Anvisa pode revogar o uso emergencial da CoronaVac . Essa possibilidade, porém, ainda não está sendo cogitada pela agência nacional.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários